Nova York

Fomos conferir 7 hotéis bons e baratos em Nova York

A jornalista e viajante Mariana Janjácomo percorreu a Big Apple para confirmar: sim, é possível se hospedar até mesmo em Manhattan sem gastar muito

Não importa qual é o seu estilo, Nova York com certeza tem algo de interessante para você. A pluralidade de lugares e as fortes identidades dos bairros, tão diferentes entre si, são justamente o que tornam a cidade especial. Todo mundo deveria conhecer NYC — e voltar depois, pois é impossível ver tantas atrações indispensáveis em apenas uma visita.

A convite da trivago Magazine, percorri a cidade para encontrar os hotéis com melhor custo-benefício em Nova York. Para chegar à lista, considerei as opções de transporte e distância até o centro da cidade, assim como o valor cobrado pela estadia. Todos os hotéis desta lista apresentam diárias bem abaixo da média de hospedagem na cidade, que é de R$ 1157* por noite. Confira abaixo as indicações, com direito a dicas de passeios e restaurantes de acordo em cada vizinhança!

*Preços baseados nas tarifas de julho de 2018.

Antes de começar a ler, veja só onde fica cada um dos hotéis citados:

LIC Hotel: terraço com vista para Manhattan

1/3

O LIC é um hotel relativamente novo: está aberto há dois anos e meio. O estabelecimento encontra-se em uma área não muito populosa do Queens — pelo menos não por enquanto.

O grande destaque da hospedagem é o terraço no topo do prédio: de lá, é possível ver a Queensboro Bridge e os impressionantes arranha-céus de Manhattan.

LIC Hotel

Melhor avaliado
Nova Iorque
8.7 Excelente (1561 avaliações)

Canal Loft: na efervescência da Chinatown

1/3

Em uma rua bastante movimentada de Manhattan e situado entre muitos estabelecimentos comerciais com placas que exibem o alfabeto chinês está o Canal Loft Hotel. Trata-se de uma alternativa confortável bem no coração de Chinatown.

A hospedagem também funciona como hostel, por isso, além de oferecer suítes, o Canal Loft também aluga camas em quartos compartilhados onde dormem até quatro pessoas.

Canal Loft Canal Loft

Nova Iorque
7.3(396 avaliações)

The Jane Hotel: o descolado de West Village

1/3

Alguns hotéis são tão originais que se transformam em verdadeiros ícones de suas cidades. Esse é o caso do The Jane Hotel, famoso tanto por sua decoração extravagante quanto pelas festas animadas no Jane Ballroom.

Apesar da atmosfera moderna, a fachada clássica do Jane dá dicas sobre suas origens: o edifício foi construído na década de 1900 como um alojamento para marinheiros, com quartos inspirados em cabines de navio — e que até hoje mantêm essa característica singular.

E, uma curiosidade bacana é que, em 1912, a propriedade chegou a abrigar sobreviventes do Titanic durante o inquérito sobre o naufrágio do navio!

The Jane Hotel

Nova Iorque
8.1 Muito bom (2247 avaliações)

Hotel Vetiver: tranquilidade em área residencial

1/3

Tranquilidade é a palavra para descrever o Hotel Vetiver. Situado em uma zona residencial sossegada do Queens, no estabelecimento os hóspedes podem relaxar e recarregar as energias para o próximo passeio em NYC.

Ao chegarem, os viajantes são recepcionados no bem iluminado lobby do hotel. Com decoração moderna, poltronas confortáveis e venda de snacks, o espaço é bom para socializar ou apenas passar o tempo degustando uma bebida e observando o movimento da rua.

Hotel Vetiver

Nova Iorque
7.7 Bom (2531 avaliações)

Q4 Hotel: o animado do Queens

1/3

Logo ao entrar no Q4 Hotel, já dá para sentir a atmosfera vibrante do espaço. As paredes apresentam desenhos coloridos e a equipe de funcionários é sorridente e simpática.

A hospedagem funciona como um misto entre hotel e hostel: oferece suítes e camas em dormitórios que acomodam de duas a oito pessoas. A animação fica por conta de eventos especiais como noites de jogos e karaokês, que acontecem pelo menos duas vezes por semana.

Hotel Q4

Nova Iorque
8.1 Muito bom (3428 avaliações)

Hotel 31: visual retrô no coração de Manhattan

1/3

Na East 31th Street, uma construção se destaca das demais: trata-se do edifício de número 120, onde está sediado o Hotel 31. Os detalhes clássicos de sua arquitetura lhe conferem um certo ar de nostalgia que remonta à Nova York antiga, dos anos 1920. E isso não é por acaso: o prédio de oito andares foi erguido justamente nessa época e chegou a figurar entre os mais altos da região.

Quem garante a sobrevivência dessas memórias é Gamer Sohail, simpático senhor que há quase trinta anos ocupa orgulhosamente o posto de gerente do Hotel 31. Ele conta que o charme e a decoração clássica do local são obra da família israelense que administra a propriedade desde a década de 1970.

Hotel 31

Nova Iorque
8.2 Muito bom (5086 avaliações)

Seafarers House: um lar em East Village

1/3

Fechamos com uma opção inusitada. Que tal se hospedar em um dos bairros mais interessantes de Manhattan e ainda contribuir para uma boa causa? Situado em East Village, o Seafarers International House foi fundado pela Igreja Luterana em 1873 com a missão de oferecer abrigo aos marinheiros que passavam anos sem ver suas famílias, parando de porto em porto — e esse continua sendo o principal objetivo do estabelecimento.

O café quente não pode faltar. Foi provando esse cafezinho, aliás, que eu conheci Domingo Dias e Grant Schuman, dois marinheiros de 64 e 58 anos que me contaram sobre suas experiências como se já fôssemos amigos de longa data.

Seafarers & International House

Nova Iorque
7.4(577 avaliações)

A autora

Mariana Janjácomo é uma jornalista apaixonada por viajar e, principalmente, por contar as histórias de suas viagens. Nascida e criada em São Paulo, ela acredita que todo lugar no mundo tem algo de interessante a oferecer. Suas aventuras favoritas até hoje foram desbravar as agitadas ruas de Manhattan e conhecer os históricos templos de Angkor, no Camboja — eclética, não?