América do Sul

Rotas do vinho: veja as melhores vinícolas em Mendoza (Argentina) e onde ficar

Aos pés da Cordilheira dos Andes existe uma região com paisagens inesquecíveis, que produz alguns dos melhores vinhos do mundo e conta com vinícolas surpreendentes

Você é fã de vinhos? Se a resposta é sim, chegou no destino certo. Mendoza é responsável por mais de 60% da produção argentina dessa bebida tão apreciada. A cidade também aparece entre as Capitais do Vinho no mundo e com certeza não vai te decepcionar.

A seguir, nós da trivago Magazine vamos mostrar as quatro áreas mais importantes na produção de vinho na região de Mendoza, além dos melhores hotéis onde relaxar e aproveitar uma experiência enológica inesquecível. Um brinde e boa viagem!

Conheça as regiões da rota do vinho em Mendoza

As principais vinícolas em Mendoza se concentram em quatro regiões, que possuem características próprias de clima e solo, influenciando os vinhos de cada uma delas. As regiões são: Zona Norte, Zona Este (Leste), Valle de Uco e Zona Sur (Sul).

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Mendoza City

2535 Hotéis
Ver destino

Zona Norte

Mais próxima à capital da região, essa área abrange mais da metade das quase 2.000 vinícolas presentes em Mendoza.

Alguns dos vinhedos, principalmente na área de Maipú, chegam a ter mais de 100 anos de vida. Por isso, o local é considerado um dos berços do vinho argentino, especialmente dos brancos frutados e tintos jovens.

Durante um passeio pela área, os visitantes podem conhecer o Museo Nacional del Vino y la Vendimia, cuja arquitetura surpreende desde a fachada do edifício. Além de contar a história do vinho na Argentina, o museu também mostra como essa bebida se transformou no sonho dos imigrantes europeus que chegaram ao Novo Mundo em busca de prosperidade.

Vinícolas imperdíveis na Zona Norte

Bodegas López

Fundada pelo espanhol José López Rivas quando os vinhedos na Europa foram devastados por pragas, essa antiga vinícola tem mais de 118 anos de existência. Com uma história riquíssima, o lugar que ainda é administrado por membros da família López se transformou em um dos principais produtores de vinho na Argentina.

Uma das principais atrações locais é o passeio guiado para conhecer o processo de fabricação de um dos melhores Malbecs do país e entender porque a acidez desse tipo de vinho combina perfeitamente com o típico “asado” argentino.

Antigua Bodega Giol

Fundada por um italiano no fim do século XIX, essa vinícola contava com o maior vinhedo do mundo em 1910, com mais de 250 hectares, e produzia quase a metade do vinho argentino na época.

A degustação dos vinhos é oferecida em um antigo casarão onde o tempo parece ter parado, visto que continua exatamente como era há mais de 100 anos. A vinícola faz parte do Museo Nacional del Vino y la Vendimia e todos que que participarem do passeio guiado poderão se considerar verdadeiros entendedores da bebida.

Onde ficar na Zona Norte:

1/4

Na Posada Verde Oliva, os hóspedes podem dormir em meio a charmosos vinhedos. Conservando a estética do século XIX, o lugar é um destino especial para os amantes da gastronomia. Além de contar com um ótimo restaurante, a pousada produz os seus próprios vinhos e azeite. Os funcionários do estabelecimento estão sempre à disposição para agendar visitas a vinícolas, degustações de vinho ou azeitona e colheitas de uva, proporcionando aos hóspedes uma autêntica experiência enológica.

Posada Verde Oliva

Maipú
9.3 Excelente (37 avaliações)

Zona Leste

A tranquilidade da vida rural é a principal atração local. Sem grandes cidades, a área mais extensa na província de Mendoza é a opção ideal para quem quer fugir do movimento frenético das metrópoles.
São as águas do Rio Tunuyán, armazenadas na barragem El Carrizal, que irrigam o terreno dos vinhedos locais, oferecendo a fertilidade necessária para o cultivo de uvas da melhor qualidade.

Vinícolas imperdíveis

Casa La Primavera

Situada no departamento de Rivadavia, essa vinícola que funciona desde 1912 possui todas as características de uma tradicional “bodega mendocina”, mantendo as tradições da vinícola original apesar da modernização no processo de fabricação dos vinhos.

A filosofia da família que administra o vinhedo é a de que “o vinho existe para ser aproveitado”. Por isso, os excelentes vinhos produzidos no local podem ser facilmente harmonizados com uma ampla seleção de pratos.

Bodega Carelli

Apesar de funcionar como vinícola desde 1943, a sede da Bodega Carelli data de 1895 e conserva a estética original.

Dando espaço a vinhos geralmente frutados, essa charmosa vinícola é especializada em Malbecs, Bonardas e Syrahs. Quem visita o local pode admirar a maravilhosa arquitetura e saborear excelentes vinhos, resultado da união entre tradição familiar e bom gosto.

Onde ficar na Zona Leste:

1/4

A cerca de 15 quilômetros de Mendoza, capital da província, a belíssima Posada Borravino reúne o que há de melhor entre o campo e a cidade. A atenção aos detalhes pode ser observada em todas as áreas do estabelecimento, dos exuberantes jardins às deliciosas opções gastronômicas oferecidas desde o café da manhã até o jantar.

Posada Borravino

Melhor avaliado
Luján de Cuyo
8.6 Excelente (61 avaliações)

Valle de Uco

Essa é a área perfeita para percorrer a Ruta 89, também conhecida como Caminho do Vinho, visto que ao longo do percurso estão centenas de vinícolas da melhor qualidade.

A paisagem de tirar o fôlego é uma das principais atrações desta parte de Mendoza, de onde é possível observar os Andes do melhor dos seus ângulos. Quem visita o local pode ter o privilégio de admirar uma das paisagens mais impressionantes da América do Sul degustando uma taça de vinho.

Vinícolas imperdíveis

Bodega Salentein

Considerada uma das mais famosas do país, a Bodega Salentein fica a 1.200 metros acima do nível do mar, o que faz com que o seu terreno seja ideal para o cultivo das melhores uvas.

Com três salas de degustação elegantemente decoradas, a vinícola oferece ainda passeios guiados a grupos para degustar alguns dos melhores vinhos produzidos no local. Além de aprender, os visitantes também podem saborear vinhos de excelente qualidade.

Bodega DiamAndes

Apesar de fundada há pouco tempo, essa vinícola tem atraído o interesse de muitos amantes de um bom vinho. O nome é a combinação das palavras “diamante” e “Andes”, fazendo referência à imponente cordilheira que emoldura a paisagem do seu terreno.

Desde a sua fundação, a vinícola DiamAndes valoriza o enoturismo e oferece uma ótima experiência vitivinícola combinada com a tranquilidade e as belezas naturais que as circundam. Com a técnica inspirada na produção dos famosos vinhos franceses de Bordeaux, o local ainda mantém a tradição de Mendoza.

Onde ficar no Valle de Uco: Postales Boutique Wine Hotel

Entre os encantos desse elegante hotel boutique estão um pomar e um vinhedo de quase 15 hectares. Além de quartos aconchegantes, o estabelecimento também oferece degustações de vinho, aulas de culinária e passeios pela propriedade para os hóspedes tenham uma experiência enológica completa.

Zona Sul

Formada principalmente pelos departamentos de San Rafael, Malargüe e General Alvear, a área é caracterizada por uma diversidade de climas e vegetações que garante o cenário perfeito para várias atividades, da degustação de ótimos vinhos a à prática de rafting pelo Rio Atuel.

Além dos vinhos, a gastronomia local também conta com pratos famosos, como o tradicional “chivo a las brasas” (cabrito na brasa) e o delicioso queijo de cabra. Que tal harmonizar essas opções?

Vinícolas imperdíveis

Bodega Suter

Um casamento na Suíça, em 1897, foi o responsável pelas primeiras vinhas deste que hoje é um dos vinhedos mais importantes na província.

Além de produzir um ótimo Malbec, a vinícola também se especializou em deliciosos espumantes. As pessoas que visitam o local podem degustar ambos os produtos no final de um passeio guiado, durante o qual é possível aprender tudo sobre o processo de produção.

Bodega Alfredo Roca

Construída em 1905, essa vinícola que mantém a sua arquitetura original é até hoje o lugar onde foram criados alguns dos melhores vinhos argentinos.
O lema da família Roca, “dedicação familiar, vinhos com alma”, reflete a filosofia que impulsiona a vinícola e o carinho com o qual os visitantes são recebidos durante os 45 minutos do passeio guiado, que termina com uma extraordinária degustação.

Onde ficar na Zona Sul: Auberge Du Vin

1/4

Acordar e ver a Cordilheira dos Andes ainda da cama faz parte da rotina neste hotel. Além disso, alguns quartos têm acesso direto aos vinhedos. Ideais para quem quiser começar o dia com uma caminhada em meio a paisagens surpreendentes, entre as montanhas e plantações. Cercado por um belíssimo campo de golfe, o Auberge du Vin também é ideal para os amantes do esporte que quiserem encerrar o dia saboreando um bom vinho no terraço e admirando uma das vistas mais espetaculares do país.

Auberge Du Vin, A tribute Portofolio Hotel, Tupungato

Melhor avaliado
Tupungato
8.5 Excelente (296 avaliações)