América do Sul

Quer esquiar no Chile? Veja 7 hotéis para férias inesquecíveis!

Descubra hotéis incríveis que vão despertar o espírito aventureiro dentro de você

Assim que os termômetros começam a baixar no meio do ano, milhares de turistas brasileiros rumam para hotéis chilenos de norte a sul. Grande parte vai em busca de um clima mais frio, uma atmosfera diferente da que existe em grande parte do Brasil mesmo no inverno, dos bons vinhos e também das paisagens. Outros, não poucos, vão atrás de aventura na neve, em cima de um esqui ou de um snowboard.

Juntamente com a Argentina, o Chile é um dos maiores destinos turísticos de inverno na América do Sul, ideal para os turistas que buscam unir a aventura e adrenalina das pistas de esqui ao conforto e luxo que os resorts oferecem.

Mesmo em lugares fora do Brasil, como Santiago, o preço de um hotel pode sair mais em conta do que em alguns dos destinos mais procurados no inverno dentro do país. Mas se “só” isso não for suficiente, tomara que a nossa seleção de hotéis mude a sua opinião. Dá só uma olhadinha nos lugares que a gente encontrou para esquiar no Chile:

1. Valle Nevado

Hóspedes do Hotel Valle Nevado e do Hotel Tres Puntas podem usufruir de toda estrutura do Valle Nevado, que é um complexo enorme que fica a apenas uma horinha da capital, Santiago. Ao todo, são 45 pistas de esqui, totalizando 40 km de extensão – haja fôlego! – em uma paisagem deslumbrante a mais de três mil metros de altitude. É a maior área de esqui da América do Sul.

Se você nunca se aventurou em cima do esqui ou da prancha de snowboard, não tem problema. As pistas do Valle Nevado são demarcadas com cores diferentes para mostrar os níveis de dificuldade e 9% delas são para iniciantes. E se você já é profissional no assunto, as possibilidades são ainda maiores: 40% do trajeto é para quem já se considera no nível avançado e 21% é para experts. Ou seja: diversão garantida seja qual for o seu nível de experiência!

Valle Nevado

8.1 Muito bom (79 avaliações)
Ver preços

2. Valle Corralco

Localizado no meio de uma floresta de araucárias – se você também é do Paraná e achava que a araucária era patrimônio nosso, deve ter ficado decepcionado agora – na base do vulcão Lonquimay, o Valle Corralco preenche todos os quesitos para uma boa temporada de férias.

Valle Corralco Hotel & Spa

Melhor avaliado
8.8 Excelente (209 avaliações)
Ver preços

3. Pucón

Imagine esquiar nas ondulações de um vulcão. Sim, em Pucón isto é possível. As lavas do vulcão Villarica criaram o cenário perfeito para os amantes de esqui – área cheia de relevos e pistas para amantes do esporte em diferentes níveis – dos iniciantes aos experts.

Enjoy Pucón

7.6 Bom (881 avaliações)
Ver preços

4. Chillán

O Chile possui alguns pontos de águas termais e Chillán é um deles. Além desta experiência, os viajantes em busca de uma boa dose de emoção precisam experimentar as longas descidas das montanhas de esqui nos arredores, que atraem milhares de pessoas todos os anos entre os meses de junho e outubro.

Um dos locais pra esqui na região é estação de esqui Nevados de Chillán, um enorme complexo a 400 km ao sul de Santiago que desenvolve um projeto que pretende transformar a área no mais importante resort de montanha da América do Sul. Para isso, o Hotel Altos Nevados foi inaugurado e se junta ao Hotel Nevados em um complexo que conta com 12 teleféricos e mais de 30 pistas de esqui, sendo que uma delas é a mais longa da América do Sul: 13 km.

Termas de Chillan

8.0 Muito bom (24 avaliações)
Ver preços

Como esses hotéis são sempre muito buscados – principalmente no inverno – alguns deles exigem um período mínimo de estadia. Então, na hora de procurar pelo hotel ideal, é sempre bom escolher um mínimo de três noites, mas alguns locais podem exigir até 7 noites como o mínimo exigido.