São Paulo

Litoral Norte de SP: descubra 6 praias incríveis e onde ficar em cada uma delas

Faixas de areia populares, outras mais agitadas e até mesmo opções cercadas de floresta - praias não faltam para o seu fim de semana

O cenário é assim: mar de um lado e mata atlântica do outro. No caminho, surgem mirantes e a vontade é parar o carro a cada curva para admirar o visual. Quem viaja para as praias do Litoral Norte de SP começa a curtir a paisagem assim, ainda no caminho, enquanto roda pela Rodovia Rio Santos (BR-101). A estrada vai contornando a costa e garante uma espécie de via sacra praiana, principalmente na área de São Sebastião e Ubatuba, destinos que, juntos, possuem cerca de 130 praias e 200 km de beira-mar. É praia que não acaba mais – e com opções para todos os gostos.

Para que você possa escolher a sua preferida para o fim de semana, separei uma lista das melhores praias do litoral Norte e dicas de acomodação para aproveitar cada uma delas. Confira a seguir!

O autor

Tales Azzi é fotógrafo e jornalista especializado em turismo. Atualmente, é editor-chefe da revista Viaje Mais, tradicional publicação de turismo brasileira e onde trabalha desde 2004. Tales Azzi também é proprietário da produtora Olhar Voador, que faz trabalhos de fotografia e filmagem aérea com drones.
Site do autor

Praia do Puruba: mergulhe na água salgada e, depois, na doce

Puruba é uma das poucas praias ainda selvagens do litoral paulista, no trecho norte da costa de Ubatuba. Quem chega até lá pode custar a acreditar que está a apenas 250 km da maior metrópole do país. A praia é isolada do continente por conta de um rio que corre paralelo ao mar. É preciso atravessá-lo de canoa, ou caminhando com a água na altura da cintura, para chegar até a praia. O carro precisa ficar em um estacionamento, na outra margem, onde está o vilarejo, de casas simples e habitadas por pescadores.  

Rio, mar e floresta no mesmo lugar

Extensa e belíssima, a Praia do Puruba é cercada por montanhas cobertas de mata atlântica. Caminhar para curtir o visual é a melhor coisa a fazer por ali, além de revezar entre um banho de mar e de rio. Mas não há muita infraestrutura para receber os turistas, apenas uma ou outra barraca de nativos que colocam mesas e cadeiras para servir bebidas e porções aos visitantes. Por isso, a tranquilidade é garantida! 

Onde ficar perto da Praia do Puruba?

1/4

A Praia do Puruba não tem hospedagens. Portanto, uma boa alternativa é ficar hospedado o mais perto possível. Uma opção é a Pousada Casarão Prumirim – com localização privilegiada, a menos de 10 minutos do vilarejo que dá acesso à praia, a propriedade fica também cercada de mata atlântica.

Dentre as opções de quarto, eles oferecem opções para diferentes tipos de viajantes e o que é legal é que todas possuem capacidade de até 3 ou 4 pessoas. Destaque para a Suíte Master, que tem uma banheira de hidromassagem.

Pousada Casarão Prumirim

Ubatuba

Praia de Picinguaba: vila de pescadores ideal para descansar

A vila de Picinguaba, no extremo norte do litoral paulista, já bem perto da divisa com o Rio de Janeiro, parece cenário de novela de pescador da Globo: uma prainha de águas calmas e cheia de traineiras de pescadores ancoradas diante de um povoado sem ruas nem praças. O clima é o mais bucólico possível.

Tranquilidade e ótima hotelaria

A maior parte dos moradores é composta por pescadores, ou então caseiros das mansões dos famosos que têm casas ali, escondidas pelas árvores da Mata Atlântica. É que Picinguaba, por trás de sua aparente rusticidade, guarda uma certa sofisticação. Por ali, não há festa – o maior agito é o joguinho de vôlei nas areias. Para quem procura um lugar tranquilo e charmoso à beira-mar, longe das multidões e com ótimo nível de hotelaria, a Picinguaba é praia ideal. 

Onde ficar perto da Praia de Picinguaba?

1/4

A sensação seria a de se hospedar em um casarão histórico de Ouro Preto ou Tiradentes, se não fosse pela vista do mar cintilante e dos barcos de pesca ancorados. É que a Pousada Picinguaba fica instalada num casarão colonial do século 18, tombado pelo Patrimônio Histórico, e que fica escondida no meio da mata.

Integrante da associação Roteiros de Charme, a pousada é uma das mais elegantes do litoral norte paulista. Para chegar até ela, é preciso deixar o carro em um estacionamento na vila e seguir a pé. Os funcionários aguardam os hóspedes recém-chegados na praia para então conduzi-los com as bagagens até a casa-sede, que fica no costão da praia, em um ponto privilegiado. Do deque da piscina tem-se uma linda vista do mar.

E, ainda, a pousada organiza passeios de barco para a Ilha das Couves e trekkings para as praias e cachoeiras do Parque Estadual da Serra do Mar.

Pousada Picinguaba

Ubatuba
8.8 Excelente (84 avaliações)

Praia de Itamambuca: a praia dos surfistas

A Praia de Itamambuca, a 14 km do centro de Ubatuba, é um dos maiores pontos para surfe do litoral do Brasil. Além de boas ondas, a praia oferece um tremendo visual, já que a baía é cercada pelos morros verdejantes da Serra do Mar. O público em Itamambuca é essencialmente jovem, mas as famílias também têm vez, especialmente no canto direito da praia, onde há quiosques (são modestos!) e o mar é mais calmo, onde desemboca o Rio Itamambuca.

Infraestrutura sem perder natureza

Apesar da natureza marcante, Itamambuca não é uma praia deserta. É tomada por um condomínio, com restaurantes e comércio. Mas, apesar de urbanizada, as arquiteturas foram construídas de forma inteligente, pois a maioria das casas são baixas e não sobressaem entre as árvores. Assim, quem caminha pela areia da praia, vê apenas a vegetação de restinga, o que é muito melhor do que observar fachada de prédio, coisa que, aliás, não existe por lá.

Onde ficar perto da Praia de Itamambuca?

1/4

Um dos melhores resorts de praia da costa paulista encontra-se ali: é o Itamambuca Ecoresort. Ele fica no canto direito da praia, instalado dentro de uma reserva particular de Mata Atlântica, no entroncamento do rio com o mar. O resort tem quartos construídos com madeira de reflorestamento, além de arquitetura rica em bambu e vidro.

A propriedade oferece para os hóspedes diversas atividades esportivas conectadas com a natureza do entorno, como passeio de caiaque pelo rio, bird watching, trilhas monitoradas, passeio de rivercat (um catamarã pequeno) e aula de surfe. A gastronomia do Restaurante Taioba é outro destaque. O restaurante fica em um agradável espaço com mesas diante do jardim e é especializado em peixes e frutos do mar. E para quem quiser relaxar ainda mais, há os tratamentos e massagens do Spa ArmaZen.

Itamambuca Eco Resort

Ubatuba
8.1 Muito bom (200 avaliações)

Praia de Maresias: o lugar para quem quer badalação

Diferente da maioria das praias do Litoral Norte de São Paulo, Maresias não fica escondida pela mata – ela está bem ao lado da rodovia Rio-Santos. É a praia mais badalada e famosa da região, que entrou na moda nos anos de 1990 e nunca mais saiu da crista da onda. O local tem noites animadas, graças a casa noturna Sirena, famosíssima na região.

Praia e cachoeiras

Localizada a 170 km da capital paulista, Maresias é uma praia reta, com areia fofa e 5 km extensão. Tem mar bravio, com ondas fortes e correntezas. É preciso estar atento as placas que sinalizam os trechos mais perigosos. O canto direito da praia é um trecho mais vazio. Já o canto esquerdo, que fica mais próximo do centrinho da vila, tem mais turistas e melhor infraestrutura de bares e restaurantes, como o Badaué e o Kanaloa (nesse, não deixe de provar a caipirosla de morango, kiwi e maracujá!), cujas mesas ficam sobre deques de madeira com acesso direto à areia da praia. 

Quem não gosta de ficar parado também vai curtir Maresias, seja em uma aula de surfe ou nos passeios que levam a percorrer trilhas para as cachoeiras da região. Na vizinha Boiçucanga, o Ribeirão do Itu oferece diversas quedas d’ água belísimas, como as cachoeiras da Pedra Lisa e da Serpente, que ficam na área do Parque Estadual da Serra do Mar. 

Onde ficar perto da Praia de Maresias?

1/4

Beach Hotel Maresias ocupa uma ampla extensão de praia e tem estrutura de um pequeno resort pé-na-areia (o que é raridade por ali). Os quartos possuem padrão quatro-estrelas, com varanda e vista para o mar. Nos feriados, o local conta com serviço de monitoria infantil, perfeito para entreter a criançada durante as férias em família.

Beach Hotel Maresias

São Sebastião
8.3 Muito bom (266 avaliações)

Praia do Cedro: paraíso preservado no Litoral Norte de SP

A construção da rodovia Rio-Santos, na década de 1970, iniciou um boom imobiliário nas praias do Litoral Norte de São Paulo. Mesmo assim, os condomínios e as casas de veraneio não conseguiram ocupar todas as dezenas de praias desse trecho da costa. Algumas faixas de areia mantiveram-se preservadas por conta das montanhas e penínsulas de difícil acesso (ainda bem!). É o caso, por exemplo, da Praia do Cedro, em Ubatuba, que só pode ser alcançada de barco ou em caminhada de uma hora por uma trilha que começa na Praia da Lagoinha.

Piscinas naturais de águas belas

A Praia do Cedro é uma das mais intocadas do litoral paulista. Pequena e selvagem, é cercada pela Mata Atlântica nativa. Ela tem um lindo mar verde e muitas pedras, no canto esquerdo, onde formam piscinas naturais. No caminho para o Cedro, há outras duas praias muito bonitas e igualmente inacessíveis para os carros: a do Bonete (que é deserta) e a Grande do Bonete (tomada por uma vila de pescadores). Aliás, nessa última não deixe de fazer uma parada no Chichico’s Bar, que serve uma boa comida caseira.

Onde ficar perto da Praia do Cedro?

1/4

A Praia do Cedro é selvagem e, portanto, não tem nenhuma casa. A melhor alternativa de hospedagem próxima é na Praia da Lagoinha, onde começa a trilha de acesso ao Cedro. A Praia da Lagoinha é bastante urbanizada e tem muitas opções de pousadas e casas de temporada, sendo bastante frequentada por famílias com crianças por conta das águas tranquilas, que mais parecem de uma lagoa, daí o nome. 

Entre as opções, a Pousada Aldeia da Lagoinha é uma boa escolha, pois possui um preço em conta, ambiente agradável e, ainda, uma excelente localização – a apenas 300 metros de distância da praia. Os quartos são limpos, branquinhos e equipados com cama box. Além disso, a pousada tem piscina (pequena), cozinha equipada para as mães que precisam preparar a comida do bebê, sala de jogos e estacionamento.

Pousada Aldeia da Lagoinha

Ubatuba
8.8 Excelente (99 avaliações)

Praia de Camburi: uma praia que é, ao mesmo tempo, duas

Um ilhote e um rio com água pela altura do joelho dividem a praia ao meio. De um lado é Camburi, do outro, é Camburizinho. Não importa, as duas praias estão à disposição de quem quiser chegar. Além da beleza da paisagem, Camburi possui uma excelente estrutura, com restaurantes sofisticados e pousadas muito aconchegantes. Camburi tem areias brancas e fofa, o mar tem águas claras e boas ondas para surfe.

Um privilégio de visual

O trecho de Camburizinho tem mais bares e quiosques que alugam cadeiras e guarda-sol. Faça uma aula de surfe ou contrate um passeio de lanchinha voadeira que leva às ilhas próximas. Em direção ao interior, no chamado Sertão do Camburi está o início da trilha de meia hora que leva até a Cachoeira do Camburi. 

Onde ficar perto da Praia de Camburi?

1/4

Entre as boas pousadas de Cambury, a Villa Bebek é uma das mais charmosas. Seus 22 chalés de madeira, decorados ao estilo rústico-chique, ficam dispostos ao redor de um belíssimo jardim. O paisagismo muito bem cuidado, com bromélias, palmeiras e plantas ornamentais, abraça uma piscina sinuosa e cheia de curvas. Embora esteja a apenas cinco minutos de caminhada da praia, a sensação é a de estar em um local isolado por conta do verde ao redor. A pousada tem atmosfera intimista e romântica.

Os quartos são equipados com toalhas, endredons e lençóis da marca Trusseau. A casa-sede, onde fica a recepção e o restaurante, mais parece uma casa de gente grã-fina, com enormes janelas e decoração de muito bom gosto. O café da manhã é servido até às 11h30 e com várias opções a la carte de omeletes, tapiocas e sucos. 

Hotel Villa Bebek

Melhor avaliado
São Sebastião
8.7 Excelente (235 avaliações)

A foto de capa do artigo representa a rodovia Rio-Santos, na altura de São Sebastião (SP), e é  de autoria de Tales Azzi.