Brasil

Lugares paradisíacos no RN: 8 experiências para se encantar

Dunas cinematográficas, vilas luxuosas no topo de uma falésia e, é claro, praias incríveis esperam por você

Quando pensamos no Rio Grande do Norte, já vêm à cabeça o sol brilhando o ano inteiro e as águas mornas das praias potiguares, que estão entre as mais cobiçadas do Brasil. O litoral do estado é realmente fantástico, mas hoje queremos ir além e apresentar a você outros destinos encantadores por lá, joias escondidas que só especialistas no estado podem escrever.

Por isso, convidamos a jornalista de turismo (e potiguar) Larissa Cavalcante para nos contar sobre lugares paradisíacos no Rio Grande do Norte que valem a visita. E o resultado foi uma seleção impressionante, com destinos para todos os gostos – desde os apaixonados por calor até, acredite se quiser, os amantes de um friozinho!

Confira a lista abaixo e surpreenda-se com tudo o que o Rio Grande do

Norte pode oferecer:

1. Desfrute de um dia relaxante nas águas cristalinas do Rio Catolé

As piscinas naturais de águas cristalinas vindas da nascente do Rio Catolé são o que fazem do espaço Tao Paradise, no Povoado de Catolé em Pureza, um lugar tão especial. Se você quer passar um dia tranquilo e recarregar as energias entrando em contato com a natureza, acaba de achar.

O espaço funciona em esquema de day use: a ideia é curtir um dia cheio de mimos, alternando o banho nas águas com o descanso em um confortável bangalô onde petiscos e sucos deliciosos aguardam. No almoço, um menu com cinco etapas preparado com produtos frescos da região fecha a experiência sensorial com chave de ouro.

Por tudo isso, o Tao Paradise mais parece um oásis. O responsável pela idealização do espaço, Davide Zannoni, é um italiano que já rodou meio mundo trabalhando com hotelaria e encontrou no Rio Grande do Norte um local lindo e sossegado para proporcionar momentos de paz às pessoas que vão ao local.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Touros

95 Hotéis
Ver destino

2. Experimente sashimi, ceviche e ostras colhidas na hora em Galinhos

Galinhos é um lugar que agrada a todos os sentidos – e principalmente ao paladar. Saborear sashimis, ceviches e ostras fresquinhas, colhidas na hora, a bordo de um barco navegando pelo rio, em meio à paisagem paradisíaca da região, é uma experiência inesquecível.

Para isso, é só fazer um dos passeios mais famosos da cidade, o tour de barco idealizado por Júnior Tubarão, um pescador muito empreendedor que já se tornou uma figura icônica da região. O passeio pelo rio mescla gastronomia e uma jornada pela história de Galinhos.

Conhecer Galinhos é como fazer uma viagem no tempo: a charmosa península no Litoral Norte do estado conseguiu manter a sua paisagem natural praticamente intacta nos últimos anos. Com cerca de três mil habitantes, além do tour de barco, a pacata cidade reúne lindas dunas, manguezais, passeios de charrete e um pôr do sol de tirar o fôlego.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Galinhos

66 Hotéis
Ver destino

3. Surpreenda-se com um hotel cinematográfico em Sibaúma

O Kilombo Villas é um hotel daqueles de tirar o fôlego de quem tem paixão pela natureza. Erguido no alto de uma falésia, tem apenas dez luxuosas acomodações, sendo a mais impressionante delas um bangalô suspenso sobre o mar por cabos de aço. A sensação lá dentro é a de estar flutuando sobre as águas!

O luxo dos ambientes soma-se a um atendimento personalizado e a muita privacidade, já que as acomodações ficam afastadas umas das outras. Piscinas privativas, terraços com jacuzzis e gastronomia de altíssimo nível são apenas alguns dos mimos oferecidos pelo Kilombo Villas.

Quem desejar também pode aproveitar passeios de buggy ou de lancha para ver o incrível pôr do sol a partir da Lagoa de Goarairas. os hóspedes também podem participar de um passeio em grupo de bicicleta e aprender mais pela região, ou só relaxar tomando um sol. Há experiências para todos os gostos!

Kilombo Villas & Spa

Praia da Pipa
9.2 Excelente (115 avaliações)

4. Acampe com estilo neste glamping em São Miguel do Gostoso

Que tal viver a aventura de acampar e ficar pertinho da natureza, mas sem abrir mão do conforto de um bom hotel? Essa é a proposta do Venturi Glamping, em São Miguel do Gostoso. Como o nome indica, a hospedagem é um camping com um certo glamour.

As confortáveis tendas em meio à natureza contam com cama queen size e até mesmo Wi-Fi. Há opções com banheiro privativo, uma comodidade a mais para quem não quer compartilhar o espaço com outras pessoas. Aliás, tomar um banho quente debaixo do céu estrelado é uma experiência inesquecível.

No Venturi, dá para aproveitar também o lindo pôr do sol da região no balanço de uma rede, e curtir deliciosos pratos feitos com ingredientes locais. No final do dia, os hóspedes costumam se reunir em torno do famoso fogo de chão para compartilhar histórias e saborear delícias gastronômicas. Que tal?

Venturi Glamping

São Miguel do Gostoso
8.7 Excelente (67 avaliações)

5. Aventure-se pelas serras na região Agreste do estado

Esse roteiro já caiu nas graças dos moradores do Rio Grande do Norte, mas pode ser uma grata surpresa para quem vem de fora do estado. A região das Serras do Agreste Potiguar, formada principalmente pelas cidades de Serra de São Bento, Passa e Fica e Monte das Gameleiras, é ideal para quem gosta de se aventurar em meio à natureza.

A principal atração é a Pedra da Boca, que empresta o nome ao parque estadual na divisa entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba. Trata-se de uma grande formação rochosa com características excelentes para a prática de escalada e rapel.

A subida é íngreme e possui um nível de dificuldade moderado, mas o espaço está bem adaptado para receber turistas. No entanto, não recomendamos a prática sem o acompanhamento de um guia local. Com segurança e as orientações certas, dá para desbravar essa joia da natureza potiguar.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Serra de São Bento

33 Hotéis
Ver destino

6. Conheça Baía Formosa, a terra do campeão olímpico de surfe Ítalo Ferreira

Ítalo Ferreira fez história em 2021: ele foi o primeiro surfista a ganhar uma medalha de ouro pela modalidade nas Olimpíadas, orgulhando o Brasil inteiro. Ítalo nasceu no Rio Grande do Norte, e muito antes de impressionar o mundo em Tóquio, ele descobriu o surfe nas ondas da Baía Formosa.

O campeão olímpico cresceu e aprendeu a surfar no vilarejo, que merece a visita. Trata-se de um verdadeiro recanto de paz e tranquilidade no Litoral Sul potiguar, com paisagens paradisíacas e, é claro, um mar com boas ondas e ventos.

O que acha de pegar uma onda na mesma praia que o Ítalo? Se preferir, você pode só passar um tempo debaixo do sol olhando o movimento do mar e, quem sabe, aproveitando um bom petisco. Nada mal, não?

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Baía Formosa

94 Hotéis
Ver destino

7. Aproveite o friozinho de Martins, no Alto Oeste potiguar

Sabe aquele destino de frio que você nunca imaginou que existisse ao pensar em um estado como o Rio Grande do Norte? Pois é, ele existe! Apresento a vocês a cidade de Martins, conhecida por aqui como a “Princesa Serrana”. Localizada a 380 km de distância de Natal e a mais de 700 metros de altitude, a região chega a registrar mínimas de 15ºC, representando um dos invernos mais frios do estado.

É a temperatura perfeita para saborear um fondue, um bom vinho e curtir os festivais de inverno que acontecem no meio do ano. Mas além disso, você pode aproveitar as belezas naturais da região serrana e desbravar diversas trilhas e formações rochosas.

Uma das principais atrações é a trilha que leva até a Casa de Pedra, uma grande caverna em meio à caatinga. Com seus 120 metros de altura, o local impressiona e desperta a curiosidade dos turistas com suas estalactites e uma enorme estalagmite. Vale a pena se surpreender com esse destino escondido!

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Martins

22 Hotéis
Ver destino

8. Conheça as Dunas do Rosado, em Areia Branca

Talvez você já tenha visto a maior cadeia de dunas do Rio Grande do Norte por aí e nem saiba disso: as Dunas do Rosado, situadas no extremo norte do estado, já foram cenário de filmes e novelas. E dá para entender o motivo, já que a paisagem é realmente única.

As Dunas do Rosado levam esse nome por causa da cor, a mistura entre a areia clara das dunas e os grãos de areia vermelhos de falésias vizinhas trazidos pelo vento. O resultado é um visual impressionante e digno de filme.

Para conservar o espaço, as Dunas do Rosado não possuem infraestrutura turística, deixando o lugar ainda mais especial. Por isso, a boa pedida é se hospedar nos arredores e aproveitar para conhecer também outras belezas da região.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Areia Branca

27 Hotéis
Ver destino

Larissa Cavalcante

Larissa é jornalista e iniciou no mundo do turismo como viajante solo, percorrendo cidades da Europa, América do Sul e África. Em 2012, transformou sua paixão por viagens em trabalho e hoje escreve para veículos de turismo, além de assinar o blog #Partiu, onde dá dicas principalmente sobre o Nordeste.
Blog Partiu