BrasilNatureza

Hotel Que Vale a Viagem: conheça a Amazônia no Juma Amazon Lodge

By , 27/01/2016

Do outro lado do rio Amazonas, a 100 km ao sudeste de Manaus, está o Juma Amazon Lodge. Se você sempre sonhou em conhecer a Floresta Amazônica e passar uma noite no meio da selva, talvez este seja o lugar certo para incluir na sua lista. Conheça agora o Juma, que faz parte da nossa série Hotel que Vale a Viagem à Amazônia.

Como chegar

Você pode fazer uma viagem estilo Odisseia, com baldeação entre veículos que andam por terra e água, em uma jornada que dura em média três horas e passa pelo Encontro das Águas na ida e pelo Flutuante do Pirarucu na volta. Outra opção, é fazer uma chegada muito radical de hidroavião com direito a pouso na água – o voo dura 30 minutos.

Os quartos

20 exclusivos bangalôs construídos sobre palafitas, na copa das árvores. O modelo arquitetônico é essencial na região, uma vez que, durante as cheias dos rios, o nível da água pode subir até 15 metros. As construções estão completamente integradas à Floresta Amazônica.

O Juma tem o conforto que uma hospedagem na selva com responsabilidade ecológica pode oferecer: todos os bangalôs têm varanda com rede, banheiro privativo e ventiladores, que são suficientes para as noites frescas da região. Você pode escolher entre a vista para o Rio Juma ou vista para a floresta, dependendo do bangalô.

Acessibilidade e Sustentabilidade

Para permitir o acesso de pessoas idosas e cadeirantes, os bangalôs com vista para a floresta oferecem a acessibilidade necessária para atender ao público.

Do projeto que integra o hotel à floresta também faz parte a utilização de fontes naturais para produzir energia. Os bangalôs com vista para o Rio, por exemplo, têm água aquecida por energia solar. Existe também um sistema de tratamento de esgoto e reciclagem de lixo. Exercendo responsabilidade social, o hotel emprega pessoas oriundas das comunidades – cerca de 90% dos funcionários são da região.

O que fazer

Entre as diversas opções de passeios, existem três experiências simples, porém imperdíveis, que você poderá viver nos dias de paz na Amazônia:

1. Olhar para o céu e observar a lua e as estrelas: O hotel tem um telescópio profissional para o uso dos hóspedes e a ausência de cidades e muita iluminação em volta ajuda até a apreciar o céu a olho nu
2. Deixar a preguiça tomar conta e ocupar uma das muitas redes espalhadas pelo hotel
3.Tomar banho no rio. O hotel tem dois decks (como ilhas), um flutuante e outro sobre palafitas

Além da tríade da diversão gratuita, o hotel oferece diversos passeios, incluindo: city tour guiado em Manaus, mergulho com botos, pescaria de piranhas, aulas de artesanato, pernoite no meio da selva, escaladas em árvores e caminhadas pela floresta, com ensinamentos de noções de sobrevivência na selva e reconhecimento de plantas comestíveis e medicinais.

Temperatura

Próxima ao Equador, a média da temperatura anual da região é de 27°C. O lugar pode ser visitado o ano inteiro, mas é importante levar em consideração as estações de cheias e secas:

Cheias – entre março e agosto, o nível das águas pode aumentar até 15 metros. É a época para apreciar a vegetação dos igapós, as áreas inundadas.
Secas – entre setembro e fevereiro, o rio fica em seu nível mais baixo. É a temporada das pescas e da focagem de jacarés, passeios em barcos acompanhados por guias em que é possível ver os bichos um pouco mais de perto e conhecer suas características.

Juma Romântico

Você escolheu o Juma para celebrar alguma ocasião muito especial a dois? Então, saiba que o hotel oferece um pacote para casais que inclui passeio privativo de barco durante o pôr do sol, com direito a vinhos e queijos, e café-da-manhã servido no quarto, com champagne e cesta de frutas.

Mais informações importantes

Água Negra – o hotel está situado em uma área de água negra. Isso quer dizer que a proliferação de mosquito é pequena.

Comida típica – a variedade da culinária brasileira é a especialidade do restaurante do hotel. Especialmente a comida local – repleta de peixes da região, como piranha, pirarucu e tambaqui – e as frutas amazônicas – como cupuaçu, graviola e ingá – são oferecidas diariamente. As refeições são servidas em estilo buffet.

Aproveite o momento detox – o hotel não oferece internet nem há sinal de televisão, muito menos para telefones móveis. Ideal para esquecer qualquer aborrecimento!

Localização: o Juma Amazon Lodge fica a cerca de 100 km ao sudeste de Manaus, no estado do Amazonas.

Como chegar: existem duas opções para chegar ao hotel: de barco ou hidroavião.