Brasil

Saiba onde ficar nos incríveis Parques Nacionais do Brasil

Selecionamos pousadas, hotéis e resorts com experiências únicas para curtir de perto os principais parques brasileiros

O primeiro Parque Nacional criado no mundo foi o de Yellowstone, nos Estados Unidos (e seu morador mais ilustre, você sabe, era o Zé Colmeia). O formato logo foi copiado pelo Brasil, no início do século 20, e hoje temos aqui mesmo em território nacional algumas das mais incríveis áreas ecológicas deste tipo, que reúnem preservação e também diversão para seus visitantes.

Serra da Canastra, Serra dos Órgãos, Lençóis Maranhenses, sem falar em todas as chapadas (Veadeiros, Diamantina, Guimarães): você já deve ter ouvido sobre as belezas de cada uma delas assistindo a algum Globo Repórter. Pois chegou a hora de conhecer estas maravilhas do nosso país ao vivo.

O primeiro passo a gente já fez por você: encontrar um bom hotel localizado perto ou até mesmo dentro de cada um desses parques. Alguns são pura aventura, outros, puro relax. A maioria, no entanto, vai agradar aos viajantes buscando as duas coisas.

Um resort no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA)

1/3

As dunas e as lagoas de água doce são a principal atração deste parque à beira-mar, no extremo norte do país, em Barreirinhas (MA). Os cenários formados pelas areias às vezes dão a impressão de estarmos na superfície de outro planeta. São necessários pelo menos dois dias para visitar o básico do parque (lagoas Azul e Bonita), mas o ideal é ficar uma semana, então você vai precisar de uma hospedagem de qualidade.

Uma das melhores opções é o Porto Preguiças Resort, que oferece fácil acesso ao parque (cerca de meia hora) e tem uma pegada ecológica bem forte. Tratamento de água e lixo seletivo são duas das soluções implementadas pelo hotel, destacado pela ONU como pioneiro em soluções ambientais.

Porto Preguiças Resort

8.6 Excelente (508 avaliações)
Excelente Limpeza 8.9 / 10
Ver preços

Porto Preguiças Resort

8.6 Excelente (508 avaliações)

Uma pousada no Parque Nacional da Serra da Canastra (MG)

1/3

Bem-vindos ao berço do Rio São Francisco, o Parque Nacional da Serra da Canastra. É nesta imensa área de preservação localizada no sul de Minas – quase fronteira com São Paulo – que nasce o Velho Chico, antes de rumar em direção ao nordeste. Entre os atrativos do parque estão a sua flora, que é uma transição interessante entre Mata Atlântica e Cerrado, e suas cachoeiras, como a enorme Casca d’Anta, com seus 186 metros (primeira foto da galeria acima).

Nossa dica para se hospedar por ali é a Estância Macaúbas, um lugar simples e perfeito para quem tem espírito aventureiro. O Rio São Francisco passa dentro do hotel, a apenas 100m dos chalés, e o acesso ao parque se dá através de uma estrada a 18km.

pousada estancia macaubas serra da canastra

8.4 Muito bom (23 avaliações)
Excelente Serviço 9.1 / 10
Ver preços

pousada estancia macaubas serra da canastra

8.4 Muito bom (23 avaliações)

Um hotel no Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA)

1/3

Localizado no coração da Bahia, o Parque Nacional da Chapada Diamantina tem alguns dos mais altos picos do nordeste, como o Pico das Almas. A altitude somada à nascente de diversos rios resulta em incríveis quedas d’água, como a Cachoeira do Buracão (foto acima), e piscinas naturais, como o Poço Encantado. Também é um ótimo local para observadores da flora, com grande variedade de bromélias e orquídeas.

O hotel Canto das Águas é perfeito para o visitante se sentir parte do parque. Localizado às margens do Rio Lençóis, ele oferece uma enorme piscina, sauna e hidromassagem (foto): ideal para relaxar depois de um dia intenso de descoberta pela chapada.

Canto das Águas

8.9 Excelente (517 avaliações)
Excelente Localização 9.3 / 10
Ver preços

Canto das Águas

8.9 Excelente (517 avaliações)

Uma pousada no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO)

1/3

A Chapada dos Veadeiros ficou bastante conhecida como ponto privilegiado para observar OVNIs, mas você não precisa acreditar em ETs para curtir esta incrível área de preservação no norte do estado de Goiás. E este não poderia ser um melhor momento para visitá-lo: o parque foi ampliado recentemente para 240.000 hectares, passando a proteger 17 espécies de flora e 32 espécies ameaçadas de extinção, como o lobo-guará e a onça-pintada.

A nossa dica para se hospedar pela região é a Casa da Lua, uma pousada tão elegante que bastaria por si mesma, ainda que não houvesse tantas atrações ao redor. São apenas 10 quartos com decoração mediterrânea.

Casa Da Lua Pousada

8.8 Excelente (51 avaliações)
Excelente Limpeza 9.2 / 10
Ver preços

Casa Da Lua Pousada

8.8 Excelente (51 avaliações)

Um hotel no Parque Nacional de Jericoacoara (CE)

1/3

A cerca de 400km dos Lençóis Maranhenses, temos outro ensolarado parque nacional à beira-mar, o de Jericoacoara, este no Ceará. A principal atração são, claro, as praias, incluindo a que dá nome ao parque, mundialmente conhecida. A Pedra Furada (foto acima) também é um clássico de cartão postal, mas você pode explorar os cantos menos turísticos do parque através dos tradicionaias buggys. Há praias para descansar, passear a cavalo e até mesmo para esportes radicais como o windsurf.

My Blue Hotel é uma boa opção de estadia não só por oferecer quartos com vista para o mar e uma estrutura completa e de alto padrão, mas também por ser ecologicamente correto. A construção do hotel preservou  75% da área verde, a energia é reforçada por painéis solares, o lixo é reciclado e a mão de obra é local. Nada melhor do que se hospedar bem sabendo que um paraíso ecológico como este está sendo respeitado.

My Blue Hotel

8.4 Muito bom (1051 avaliações)
Excelente Localização 9.5 / 10
Ver preços

My Blue Hotel

8.4 Muito bom (1051 avaliações)

Uma pousada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ)

1/3

Uma boa opção para quem mora na região do Rio de Janeiro e não quer fazer uma viagem muito longa, a Serra dos Órgãos (foto acima) está pertinho de Teresópolis. O terreno é fértil para quem gosta de aventura, e a Travessia Petrópolis-Teresópolis desafia os exploradores com cenários incríveis. As trilhas e formações rochosas são o destaque da área de preservação.

Quem se hospeda na Pousada Paraíso Açu fica bem ao lado do parque (10 minutos de caminhada), a míseros 70km do Rio. Os chalés e suítes contam com uma infraestrutura completa de piscina, restaurante e ofurô.

Paraíso Açú

Petrópolis, 10 km para Museu Imperial
8.3 Muito bom (258 avaliações)
Excelente Serviço 9.1 / 10
Ver preços

Paraíso Açú

Petrópolis
8.3 Muito bom (258 avaliações)

Uma pousada no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

1/3

Uma ótima oportunidade para desbravar o Centro-Oeste – região ainda pouco conhecida de muitos brasileiros –, a Chapada dos Guimarães fica a apenas 50km de Cuiabá, com ônibus saindo a cada uma hora e meia. Sem dúvida é um dos parques mais bem mapeados do Brasil, com um catálogo de trilhas organizado por níveis. O Mirante do Véu de Noiva (fot acima), com vista para a cachoeira, por exemplo, é considerado nível leve, pode ser feito sem guia. Já atrações como a Caverna Aroe Jarí e a Lagoa Azul são consideradas nível médio, e requerem um guia credenciado.

Pousada do Parque é uma das melhores opções para se hospedar junto à chapada. São apenas oito quartos rústicos, mas dentro de um enorme terreno que conta com sua própria rede de trilhas, cachoeiras e mirante. É quase um parque ao lado do parque.

Pousada Do Parque

8.3 Muito bom (87 avaliações)
Excelente Serviço 8.9 / 10
Ver preços

Pousada Do Parque

8.3 Muito bom (87 avaliações)

A foto de capa é na Chapada dos Guimarães (MT) e foi tirada pelo Flavio André, do MTur.