Sul

Fomos conferir o que tem de legal nos 5 melhores hostels de Porto Alegre

Na Cidade Baixa, no Bom Fim ou perto do aeroporto e da Arena do Grêmio, se hospedar em um hostel é uma das melhores maneiras de conhecer o lado divertido e jovem da capital gaúcha. A jornalista Juliana Palma nos mostra o que você vai encontrar em cada um deles

Porto Alegre costuma receber quem viaja a trabalho ou estudos e também casais e famílias a caminho de Gramado e Canela, na Serra Gaúcha. Desde a Copa do Mundo de 2014, a cidade oferece vários e bons hostels para quem quer se hospedar sem gastar muito, seja próximo ao aeroporto, seja perto dos parques Redenção e Parcão ou ainda na Cidade Baixa, famoso bairro boêmio da cidade.

Todos estes hostels se assemelham nas acomodações, com quartos e banheiros compartilhados e privativos, ar-condicionado, Wi-Fi e café da manhã incluso no valor da diária. As diferenças estão mesmo no estilo de cada um.

Um hostel no bairro boêmio de Porto Alegre

1/4

Ótima dica para grupos e viajantes de qualquer idade que adoram fazer novas amizades e trocar novas experiências, o Solar63 está localizado na Cidade Baixa, bairro de vida agitada, tanto durante o dia, quanto à noite. Próximo de mercados, parques, farmácias, bares e pontos de ônibus, a hospedagem é ideal para quem quer conhecer a cidade.

Em parceria com a prefeitura de Porto Alegre, o hostel é um dos pontos de venda de ingressos do City Tour Linha Turismo, ônibus com segundo andar aberto que circula pela cidade em dois roteiros diferentes (Centro Histórico e Zona Sul), compartilhando informações históricas e outras curiosidades de Porto Alegre.

O proprietário Éverton Fagundes tenta ir contra o senso comum de que a cidade não é turística, apresentando aos hóspedes as diferentes possibilidades de programação que a capital oferece e auxiliando com mapas, direções, parcerias com bares e restaurantes e aluguel de bicicletas.

 

E, embora estimule o turismo, com churrascos e happy hours, o próprio Solar já se tornou ponto de encontro do bairro e recebe o título de “a casa fora de casa” dos vizinhos. Há quem prefira reservar uma cama e passar a noite por lá do que voltar para casa depois dos eventos.

O que fazer na Cidade Baixa

Arte

Aos viajantes que gostam de cultura, a Fundação Ecarta e o Meme Santo de Casa Estação Cultural sempre têm atrações abertas ao público.

Café

Se a ideia for trabalhar e tomar um café, vale conhecer o Charlie Pub (foto), que serve cafés, drinks e sobremesas com o mais famoso brownie da cidade.

Bar

O Spoiler (foto) é também um dos bares queridinhos da região, servindo drinks e pratos inspirados em séries de televisão.

Nova orla do Guaíba

A Cidade Baixa fica colada ao centro histórico de Porto Alegre, onde está a maioria dos centros culturais da cidade e também a recém inaugurada Orla do Rio Guaíba, com ciclovia e bares para apreciar o famoso pôr do sol.

Solar63 Hostel

Porto Alegre, 6.6 km to Aeroporto Internacional Salgado Filho
9.1 Excelente (579 reviews)
Excelente Localização 9.4 / 10
Hotel CTA

Um hostel em Porto Alegre com piscina

1/4

A duas quadras dali, e ainda localizado na região mais boêmia da cidade, o POA Eco Hostel é o único com uma grande área externa e piscina, opção para quem viaja a Porto Alegre no verão, quando costuma fazer um calor muito intenso. A casa pintada de verde fica quase no meio da quadra e se destaca entre as outras construções.

O pátio é cheio de árvores frutíferas, então, se o tempo colaborar, dá até para pendurar uma rede entre elas para um momento bem relaxante.

 

Aliás, o Eco que está no nome, também está no lifestyle. Além dos quartos com nomes de animais, mesas e paredes recebem pinturas de flores e se destacam na decoração, que chama atenção pelo colorido. Localizado em um ponto central entre universidades, é uma boa dica para estudantes que querem curtir aquela atmosfera social do hostel, mas sem tanto agito. Durante o dia, as áreas comuns são tranquilas e silenciosas, o que garante um bom ambiente de trabalho para quem precisa.

Onde comer na Cidade Baixa

Feira

Logo na esquina há um grande supermercado e, duas quadras adiante, fica o Largo da Epatur, onde há feiras duas vezes na semana – o pastel e o caldo de cana são imperdíveis.

Barato

Se a ideia é não gastar muito com as refeições, vale caminhar alguns metros mais até o Tudo Pelo Social, referência na cidade em grandes pratos de “à la minuta” (como os gaúchos chamam o preto feito), bom, muito barato e muito simples.

Boa gastronomia

Para quem adora gastronomia, o Mandarinier (nas duas fotos acima), um dos premiados bistrôs da cidade, fica logo na rua de baixo, servindo menus de almoço.

Porto Alegre Eco

Porto Alegre, 6.8 km to Aeroporto Internacional Salgado Filho
8.6 Excelente (460 reviews)
Excelente Localização 9.3 / 10
Hotel CTA

Um hostel para quem vai a trabalho ou estudos

1/4

Partindo da Cidade Baixa à Zona Norte, mais precisamente no bairro Floresta, o Porto Alegre Hostel Boutique foi um dos primeiros a despontar quando surgiu a onda dos hostels na cidade. Principalmente por fazer parte da Hostelling International, uma das maiores redes de hospedagem do mundo e que garante hostels dentro de um mesmo padrão. Até por conta disso, muitos dos viajantes que se hospedam por lá descobrem o nome em função da rede.

O Boutique ocupa duas casas e é o único deles que conta com um bar no térreo, aberto ao público, de onde saem cervejas e alguns petiscos. O bairro Floresta é considerado um dos novos polos criativos de Porto Alegre, base para start ups, projetos comunitários e antiquários. É a hospedagem ideal para quem chega a Porto Alegre para trabalhar ou estudar e não pretende sair turistando, afinal é um pouco afastado do centro apesar de ainda próximo de hospitais, shoppings e mercados.

Juliana Palma

O que fazer na Floresta

Para quem curte cultura, a uma quadra de distância se encontra a Vila Flores (na foto abaixo, de Ricardo Ara), uma associação formada por artistas, empreendedores criativos e sociais e produtores culturais. Periodicamente alguns eventos são realizados por lá. Se a ideia for desbravar a parte gastronômica, vale caminhar mais um pouco até o Le Grand Burger, uma das hamburguerias mais famosas da cidade.

Porto Alegre Hostel Boutique

Porto Alegre, 4.6 km to Aeroporto Internacional Salgado Filho
8.4 Muito bom (570 reviews)
Excelente Serviço 8.9 / 10
Hotel CTA

Um hostel conectado ao aeroporto e à Arena do Grêmio

1/3

Localizado no bairro ao lado, São Geraldo, mais industrial, o Hostel Polônia está perto dos principais pontos de saída de Porto Alegre: o aeroporto e a rodoviária. Por isso é o lugar preferido, e também a indicação, de quem vem com um simples objetivo e não tem a intenção de explorar muito da cidade. É o caso de quem chega na cidade especificamente a trabalho ou para concursos – o último reuniu mais de 50 mil pessoas e esgotou vagas em hostels e também em hotéis.

O Polônia se orgulha de ser um "hostel sem cara de hostel", no sentido de ser tranquilo, sem a badalação comum às estadias do estilo. Por isso é ideal para estudantes e também para famílias, que se hospedam de passagem rumo à Serra.

 

Comandado por dona Sônia, que por vezes até almoço prepara para a galera, é talvez o mais simples de todos, mas funciona mesmo como uma casa, abrigando hóspedes por temporadas mais longas, que podem durar até dois anos. Na mesma rua, alguns metros adiante, o 4Beer é um bar cervejeiro e uma das opções noturnas do bairro, que está crescendo aos poucos.­­

Bichos são bem-vindos

Ao se hospedar no Hostel Polônia, é possível que você encontre alguns dos três gatinhos de casa passeando pelo jardim. Mas eles são sociáveis e aceitam novos hóspedes de quatro patas. O hostel é um dos poucos pet friendly da cidade.

Pertinho da Arena do Grêmio

De todos os hostels desta lista, este é o que está mais próximo da Arena do Grêmio, e até por isso acaba virando opção de hospedagem de torcedores de times tanto brasileiros quanto de países próximos que vêm jogar na cidade. A Arena, inclusive, tem tours pelo estádio, então para quem gosta de futebol é uma boa opção de programa.

Pousada e Hostel Polônia

Porto Alegre, 3.2 km to Aeroporto Internacional Salgado Filho
8.5 Excelente (108 reviews)
Excelente Serviço 9.1 / 10
Hotel CTA

Um hostel para conhecer os parques de POA

1/3

Único que foge do padrão Cidade Baixa/Zona Norte nesta lista, o Brick Hostel ainda assim se mantém em uma região central, colada a um dos bairros mais tradicionais e culturais de Porto Alegre, o Bom Fim. Já de cara o Brick Hostel chama atenção pela decoração e pela organização: apesar de estar localizado em um casarão antigo, toda a estrutura passou por uma recente reforma, que deixou tudo com jeito de novo.

Em uma das áreas comuns, o piano, herança de família, não costuma ficar fechado por muito tempo - sempre há um hóspede com conhecimento suficiente para tocar alguma música. Para quem prefere passar o tempo com leitura, o hostel oferece empréstimo de diferentes títulos durante a estadia.

 

O nome do hostel, “Brick”, é possivelmente uma referência à fachada de tijolo, mas também lembra o famoso mercado de pulgas que ocorre todos os domingos no Parque da Redenção, o “Brique da Redenção”. O hostel é uma ótima opção de hospedagem para quem precisa estudar ou trabalhar, mas gosta de aproveitar a cidade como um local, curtindo atrações noturnas e programas de final de semana.

O cotidiano de um típico bairro porto-alegrense

Caminho dos parques

O hostel fica exatamente no meio do caminho entre os dois maiores parques da cidade: a Redenção e o Parcão.

Bares

A região tem vários bares nas redondezas, como o Vasco da Gama 1020 (foto) e o Estreito da Chosen (foto), que reúnem fãs de drinks e de cervejas artesanais em um ambiente despojado e animado.

Free drinks

O próprio hostel oferece caipirinhas grátis todas as sextas e sábados, das 19h às 22h, para o aquece da noite.

Brick Hostel

Porto Alegre, 5.4 km to Aeroporto Internacional Salgado Filho
8.9 Excelente (294 reviews)
Excelente Localização 9.1 / 10
Hotel CTA