Brasil

Sustentabilidade e conforto: conheça 7 eco resorts incríveis em São Paulo

Hospedagens em SP com muito verde, cercadas por montanhas, à beira da praia ou cercadas por rios e lagos para você recarregar as baterias com calma

Às vezes, passar um tempo balançando em uma rede, caminhando pela mata ou só aproveitando o som do silêncio é tudo que a gente precisa para escapar da rotina apressada de São Paulo, não é? O cenário fica ainda melhor quando aliamos o sossego à sustentabilidade, com uma hospedagem completamente integrada ao ambiente ao redor.

Além de encantar os hóspedes, os eco resorts em São Paulo ajudam a preservar a natureza das cidades – o “pensar verde” é vantajoso para todos os lados, como explica o arquiteto Omar Fernandes, da Olaa Arquitetura!: “Um empreendimento que também cuida e investe na comunidade local consegue melhorar o entorno, trazendo impacto positivo que ajuda a desenvolver o turismo da região”, diz.

O arquiteto também lembra alguns cuidados na hora de escolher um eco resort para viajar: “A certificação (Leed, emitida pelo Green Building Council, que mede a sustentabilidade em construções) já é um bom caminho que pode motivar a escolha. Mas é preciso que o hóspede entenda que o meio ambiente está ligado também à questão social e econômica, ou seja, o tripé da sustentabilidade. Como a comunidade local é impactada por aquele empreendimento de forma positiva?”.

Como esta não é uma pesquisa tão fácil, por envolver vários fatores, nós da trivago Magazine já listamos para você excelentes opções de eco resorts em SP para você conhecer e entrar em contato com a natureza. Abaixo, você confere opções na serra, na praia e ao lado de rios e lagos para curtir em casal, com a família ou com a sua própria companhia. Afinal, o objetivo aqui é um só: relaxar!

1. Descanse e medite em meio às montanhas de Amparo

Cercada por montanhas, Amparo é uma daquelas cidadezinhas com a cara do interior de São Paulo, que mescla a arquitetura preservada da época do Ciclo do Café (são 400 edificações tombadas) com as belíssimas vegetações naturais. Lá o mais bacana é o turismo de fazenda; inclusive não deixe de ver como é feito o famoso queijo de Amparo.

Para descansar perto da natureza, vale conhecer o charmoso Parque Municipal. O local conta com orquidário, minimuseu de taxidermia, pequenos animais e um observatório, para quem quiser admirar o céu e as estrelas. Ou seja, bom para sair da rotina e levar os dias de forma tranquila.

Agora, se você está buscando uma conexão mais forte com a mãe natureza, a dica é o Canto da Floresta Ecoresort, entre as cidades de Amparo e Monte Alegre do Sul. O projeto arquitetônico foi feito segundo os preceitos do Feng Shui e as áreas externas têm mandalas, parques holísticos e espaços para meditação. Tudo no maior estilo zen. Ohmmm..

Canto da Floresta Ecoresort

Melhor avaliado
Amparo
8.7 Excelente (30 avaliações)

2. Aventure-se com a família em Brotas

É praticamente impossível falar em turismo ecológico e não citar Brotas. Afinal, em 1993 a ONG Movimento Rio Vivo lutava contra a instalação de indústrias no município e, para chamar atenção de governantes, ativistas e ambientalistas se juntaram com empresários com o intuito de promover o turismo.

Foi assim que surgiram muitas das atrações da região, como os hoje clássicos boia cross, a descida pelo rio em uma boia individual, e rafting. As trilhas pela mata que levam a incríveis cachoeiras também fazem sucesso, é claro, assim como os passeios em quadriciclos e as tirolesas.

Para aproveitar tudo isso e muito mais, a dica é o Recanto da Alvorada, um hotel perfeito para viagens em família. Lá, a criançada se diverte brincando ao ar livre e praticando atividades que incluem até passeios de caiaque no lago. Para os adultos, há também caminhadas pela natureza ou atividades mais animadas, como a hidroginástica temática.

Recanto Alvorada Eco Resort

Melhor avaliado
Brotas
8.9 Excelente (155 avaliações)

3. Fique pertinho do mar e de um rio em Ubatuba

Para quem gosta de fazer turismo ecológico perto do mar, Ubatuba é o destino. A gente pode falar dos 100 quilômetros de costa, das ondas propícias para o surf, das 80 cachoeiras da região e das centenas de trilhas disponíveis para serem desbravadas nas montanhas; mas o que torna a cidade ainda mais especial são as pessoas.

Durante muitos anos, a região onde Ubatuba se encontra foi sede da aldeia tupinambá, o que faz com que o sentimento de preservação da natureza ainda esteja latente entre quem por lá vive. Claro que isso acaba se estendendo também a todos que visitam a bela cidade.

Ficou com vontade de sentir toda essa energia de perto? A dica de hospedagem em Ubatuba é o Itamambuca Eco Resort, localizado a apenas alguns metros da praia e ao lado do rio de mesmo nome. O resort apresenta acomodações com varanda e vista para uma reserva ecológica de Mata Atlântica, além de atividades como caminhadas em grupo e aulas de dança – e o melhor: tudo incluso na diária.

Itamambuca Eco Resort

Ubatuba
8.2 Muito bom (182 avaliações)

4. Entre em contato com a natureza sem ir longe da capital em Mairiporã

Mairiporã, a 40 quilômetros de São Paulo (ou até menos, se você mora na zona norte da capital) e a apenas 24 quilômetros de Guarulhos, é um refúgio de fácil acesso para quem quer diminuir o ritmo e escapar da rotina. A localização na Serra da Cantareira garante cenários cheios de natureza que impressionam os visitantes.

O principal ponto turístico da região é o Pico do Olho D’água, no Morro do Juquery. De lá é possível passar por trilhas de diferentes intensidades para admirar a paisagem da cidade se mesclando com a névoa no nascer do sol. Depois de tanto exercício, a dica é ir ao O Velhão, que além de restaurante, também faz as vezes de um antiquário.

O ideal para aproveitar tudo que Mairiporã tem a oferecer com calma e realmente se desligar da rotina é dormir por lá. O Hotel Refúgio Cheiro de Mato tem mais de 90 mil metros quadrados de área verde preservada e uma atmosfera de sossego, com direito até a um centro de estética e massagens.

 

Hotel Refúgio Cheiro de Mato

Mairiporã
8.7 Excelente (109 avaliações)

5. Pesque e conheça animais da fazenda na charmosa Cardoso

A pequena Cardoso, com pouco mais de 12 mil habitantes, é banhada por vários rios, fazendo com que a pesca amadora (aquela que não tem a finalidade de comercialização de peixes) e eventos náuticos se tornem atrativos na região. Os três principais são Rio Grande (que faz divisa com Minas Gerais), Rio Turvo e Rio Marinheiro.

Por causa disso, o preparo de peixes de águas doces se tornou um dos carros-chefes da gastronomia local. Mas se você não é muito fã de peixes, não se preocupe: a iguaria divide igual espaço com a cozinha típica caipira, aquela cheia de opções feitas no fogão a lenha. Bom demais, sô!

Para curtir toda a atmosfera de vila de pescadores da cidade, a dica de hospedagem é o Hotel Fazenda Foz do Marinheiro, bem em frente à represa de Água Vermelha. Os amantes de pesca vão adorar o “pesque e solte” na Lagoa da Foz. O caiaque no Rio Marinheiro é outra grande atração que faz a alegria dos viajantes.

Fazenda Foz Do Marinheiro

Melhor avaliado
Cardoso
8.6 Excelente (58 avaliações)

6. Conheça as fazendas de Ribeirão Bonito

Ainda muito pouco desbravado pelos turistas, o município de Ribeirão Bonito apresenta aos viajantes animais silvestres como lebres, lobos, veados, lobos-guarás, lagartões rajados e muitos outros. Se o que você procura é um lugar em São Paulo para ter conexão total com a natureza, acaba de encontrar.

A região é cheia de fazendas, muitas das quais mantiveram a vegetação nativa da cidade. Então além de conhecer os animais, os visitantes de Rio Bonito têm a oportunidade de ver e entender mais sobre o cultivo de macadâmia, pau-de-balsa, milho, eucalipto e cana-de-açúcar.

A principal fazenda que preservou a vegetação local foi o conjunto do Santa Eliza Eco Resort, onde também é possível se hospedar. Uma curiosidade é que a cana-de-açúcar da propriedade já não sofre o processo de queima, mas sim de colheita mecânica, o que preserva o ambiente e otimiza o tempo.

Santa Eliza Eco Resort

Ribeirão Bonito

7. Bônus: veja animais silvestres em Biritiba Mirim

A pouco mais de 70km da capital, Biritiba Mirim está localizada a 780 metros de altitude, o que facilita a contemplação de belas paisagens e, claro, diversas práticas de esportes. Áreas de turismo, como a Pedra do Sapo, a Pedreira do Sítio Novo, a Pedra Grande, a Pedra da Forquilha e os Picos Itatinga e do Garrafão ainda mantêm sua vegetação nativa.

Não se surpreenda se observar por lá algumas pacas, cotias, porcos-do-mato, capivaras, tucanos, entre outras espécies abrigadas em árvores como angicos, cedros, palmitos e embaúbas. Por ter uma vegetação bastante preservada, a tranquila cidade consegue também ser um habitat para esses animais.

A sugestão de hospedagem em meio a tanto verde é o Eco Park Fazenda, hotel com mais de dois milhões de metros quadrados, parque aquático, fazendinha para crianças e pesca para adultos. Para conhecer tudo isso de um jeito diferente, a hospedagem disponibiliza um trenzinho Maria Fumaça que passa por dentro da hospedagem.

Eco Park Fazenda

Biritiba-Mirim
8.0 Muito bom (19 avaliações)

A autora

Juliana Faddul é turista nas horas vagas e jornalista nas horas pagas. Conhece 25 das 27 unidades federativas do Brasil. Morou em três países e já perdeu as contas de por quantos países passou. Ah, faz mala para qualquer destino em 30 minutos.
Siga a autora no Twitter