Brasil

Fuja do óbvio: conheça 8 cidades incríveis perto de Gramado

Gramado é tudo de bom, mas a Serra da Gaúcha tem muito mais para oferecer. Descubra destinos surpreendentes com belezas naturais, cultura e (claro) gastronomia de primeira

É claro que Gramado é um destino incrível e cheio de atrações; não à toa, é um dos mais populares do Rio Grande do Sul. Mas se você viaja em busca de sossego, saiba que os arredores são cheios de lugares tão fascinantes quanto Gramado, mas muito tranquilos por ainda serem pouco conhecidos.

Eu sou apaixonada pela Serra Gaúcha, especialmente pela região das Hortênsias e do Vale dos Vinhedos, afinal esse foi o local que acolheu meu avô e centenas de outros imigrantes italianos e alemães no final do século 19. Por isso, adoro falar sobre esses lugares: são destinos cheios de natureza e onde as tradições dos imigrantes são preservadas por meio das festas, das construções e da deliciosa gastronomia.

Confira abaixo minha seleção com oito cidades perto de Gramado que surpreendem quem quer fugir do óbvio e recarregar as baterias em contato com a natureza. Para cada cidade mencionada, você encontra também uma dica de hospedagem que pode tornar sua viagem ainda mais especial.

Dica de viagem:  Quer flexibilidade na hora de reservar? Basta usar o filtro de “Cancelamento Gratuito” no trivago ao buscar acomodações e comparar preços!

Andrea Farneda

Nascida e criada em São Paulo, Andrea é formada em Comunicação Social e teve a chance de viajar muito o Brasil, e até de morar fora, a trabalho. Compartilha o amor por viajar com o filho, Miguel, e com o marido, que são seus fiéis companheiros de estrada. Parte dessas viagens ela conta no blog Mari Pelo Mundo.
Blog da autora

1. Nova Petrópolis: encante-se com o Jardim da Serra Gaúcha

1/4

A cidade de Nova Petrópolis fica bem perto de Gramado: apenas 35 quilômetros, ou 40 minutos de carro, separam as duas cidades. Por isso, muitas vezes quem visita Gramado acaba fazendo um bate e volta até Nova Petrópolis – mas o destino é tão surpreendente que merece muito mais do que uma visita rápida.

A cidade ganhou o título de Jardim da Serra Gaúcha por ser uma das mais floridas da região. E o cenário colorido é realmente encantador; quem visita Nova Petrópolis não pode deixar de conhecer a Praça das Flores e o Parque Aldeia do Imigrante, brincar no Labirinto Verde e caminhar em meio às esculturas do Parque Pedras do Silêncio.

Mas só andar de um lugar a outro na cidade já é um grande passeio. Influenciada pelos imigrantes alemães que chegaram na região no século 19, Nova Petrópolis exibe uma charmosa arquitetura com estilo europeu. Isso sem falar na gastronomia típica alemã dos restaurantes e nas muitas festas tradicionais, como a Festa do Figo e o Festival da Primavera.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Nova Petrópolis

192 Hotéis
Ver destino

2. Igrejinha: explore a cidade além da Oktoberfest

1/4

Igrejinha, colônia alemã a apenas 33 quilômetros de Gramado, costuma ficar lotada de turistas em outubro, quando acontece a Oktoberfest, maior festa da cerveja da cultura germânica. Mas o que nem todo mundo sabe é que a cidade tem atrações durante o ano todo, principalmente para quem gosta de natureza.

Em Igrejinha, não faltam opções de trilhas, cachoeiras e cascatas. Os mais aventureiros podem até praticar voo livre no Morro Alto da Pedra e apreciar toda a paisagem de uma forma diferente. Outro destaque vai para o “Caminhos do Rural Saudável”, um roteiro interessantíssimo que passa por seis propriedades de produtores rurais.

Vale também separar um tempo para explorar os pontos turísticos da cidade, entre eles a Igreja Gabriel, que até 1874 era a única de toda a região, a rústica Casa de Pedra, hoje patrimônio cultural do estado do Rio Grande do Sul e a Vila Germânica, que reúne construções no estilo alemão com diversas lojas de artesanato.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Igrejinha

16 Hotéis
Ver destino

3. Fazenda Angelin: aventure-se por trilhas e cachoeiras

1/4

Na Fazenda Angelin, uma pousada-fazenda a 25 quilômetros de Gramado, podemos entrar em contato com a natureza graças à enorme área verde repleta de animais; uma arara vermelha de nome Juca dá as boas-vindas aos hóspedes, encantando as crianças e os adultos.

Fazer um piquenique na fazenda, com delícias caseiras produzidas lá mesmo, pescar ou andar de bicicleta pela mata são só algumas das atividades para toda a família que a Fazenda Angelin oferece. Lá pertinho, na Reserva Ecológica Picada Verão, há também opções de atrações radicais, como rapel e tirolesa.

Se você gosta de aventura, não deixe de conhecer a Reserva e a Cascata e Caverna dos Bugres, uma queda d’água de aproximadamente dez metros de altura no Arroio Boa Vista. Ao lado, uma formação rochosa com abertura por toda a extensão é a caverna que permite um abrigo da cachoeira relativamente seco.

Fazenda Angelin

Nova Hartz
8.7 Excelente (56 avaliações)

4. São Francisco de Paula: caminhe ao redor do lago e explore trilhas pela natureza

1/4

São Chico, como é conhecida a cidade de São Francisco de Paula, fica a apenas 50 quilômetros de Gramado, ou uma hora de viagem de carro, e encanta pelo ecoturismo. O Lago São Bernardo é o cartão-postal da cidade, com o colorido da natureza ao redor e trilha para caminhada. É um lugar muito procurado para ensaios fotográficos e certamente um dos mais instagramáveis de São Chico.

O Parque das 8 Cachoeiras é outro destino perfeito para quem gosta de caminhar em meio à natureza. São quatro roteiros com diferentes níveis de dificuldade, desde o mais fácil, com menos de um quilômetros, até um caminho que exige um pouco mais de preparo, com duas horas e meia de duração. Outra opção de passeio é conhecer o Parque Nacional Aparados da Serra e seus desfiladeiros impressionantes, tudo a apenas uma hora de carro da cidade.

Além da natureza exuberante, São Chico guarda uma enorme riqueza histórica e cultural. A cidade faz parte da Rota dos Tropeiros, que desbravou o caminho entre o Rio Grande do Sul e São Paulo a partir do século 17. O Monumento aos Tropeiros na Avenida Júlio de Castilhos é a homenagem a esse episódio, assim como o Monumento à Cuia, na mesma avenida, lembra o chimarrão, símbolo da cultura gaúcha.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - São Francisco de Paula

90 Hotéis
Ver destino

5. Caxias do Sul: volte no tempo no distrito de Ana Rech

1/4

Caxias do Sul, a 80 quilômetros de Gramado, é extremamente importante para a economia gaúcha. A cidade é o segundo maior polo metalmecânico do Brasil, além de sediar grandes empresas do setor têxtil, alimentício e agropecuário. E apesar de não girar em torno do turismo como Gramado, Caxias do Sul também apresenta lugares incríveis para os visitantes.

Um deles é o distrito de Ana Rech, que faz parte de uma das Rotas dos Tropeiros ligando o Rio Grande do Sul a São Paulo. Um passeio por lá revela paisagens bucólicas, com construções tipicamente europeias e capelinhas em meio ao verde dos bosques. O distrito também conserva tradições e costumes dos imigrantes italianos, com mesa farta, música, artesanato e até o dialeto italiano que ainda é praticado entre os moradores.

E se você estiver com pique, vale fazer a caminhada pelo impressionante Cânion Palanquinhos: há trilhas com desde vinte minutos de caminhada até oito horas, para os mais acostumados. E o cenário é de encher os olhos, com paredões de basalto de até 150 metros de altura.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Caxias do Sul

196 Hotéis
Ver destino

6. Villa Michelon: hospede-se em uma vinícola no Vale dos Vinhedos

1/4

Se você não dispensa um bom vinho, então o Hotel Villa Michelon é perfeito para você. A partir da sua confortável suíte, você poderá ver o extenso parreiral da propriedade; se for época, você terá até a chance de participar da colheita de uvas. E é claro que não falta um excelente restaurante para harmonizar os rótulos da vinícola com pratos especiais.

Para os amantes da bebida, a hospedagem oferece também o Memorial do Vinho, onde dá para conhecer a história e as técnicas da produção de uvas e da elaboração dos diversos tipos de vinhos feitos por lá. Mas não pense que é só isso: no complexo, há ainda uma fazendinha, pista de caminhada, piscina e espaço para as crianças brincarem.

Hotel Villa Michelon

Bento Gonçalves

7. Veranópolis: sinta-se em Vêneto, na Itália

1/4

Veranópolis, uma pequena cidade na Serra Gaúcha, a pouco mais de 160 km de distância de Gramado, tem um lugar especial na minha memória de viajante e no meu coração de descendente de italianos. A cidade é conhecida por ser o berço nacional da maçã e por ser uma das cidades com maior longevidade do país.

Veranópolis foi colonizada por imigrantes que chegaram da Itália no final do século 19. Ainda hoje, as tradições e a cultura italiana estão presentes nas ruas da cidade, nas casas e no dialeto falado entre vizinhos – é um lugar para se sentir na região do Vêneto, na Itália, sem sair do Brasil, inclusive na hora de fazer as refeições. Deliciosas massas caseiras, pães, bolos, geleias, queijos e biscoitos estão à sua espera por lá.

O turismo rural é outro grande destaque de Veranópolis: são paisagens com vales, rios, cachoeiras, cavernas, casas e plantações. Uma dica de passeio com extraordinária beleza é o safári em jipe até a Cascata da Usina Velha: no trajeto, passamos pela Cachoeira dos Três Monges, com 112 metros de altura, e depois chegamos à cascata da usina, onde dá para ver também as ruínas da antiga usina elétrica, construída no começo do século 20.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - Veranópolis

8 Hotéis
Ver destino

8. São José dos Ausentes e Timbé do Sul: voe pelos céus de SC e RS

1/4

São José dos Ausentes, cidadezinha com menos de cinco mil habitantes, é um dos lugares mais frios da Serra Gaúcha. Fica a pouco mais de três horas de carro de Gramado, mas a viagem vale a pena para quem quer curtir as baixas temperaturas e um cenário natural de encher os olhos.

Antes de continuar com as dicas de passeios, uma curiosidade: São José dos Ausentes ganhou esse nome porque a fazenda que deu origem à cidade, um dos maiores latifúndios do Rio Grande do Sul, foi leiloada duas vezes devido à ausência de proprietários ou à inexistência de sucessores. Interessante, não?

Voltando aos passeios: o Parque Nacional dos Aparados da Serra é o principal cartão postal da região, sendo o Pico do Monte Negro o ponto mais alto do Estado. Os cânions do parque separam São José dos Ausentes e o Estado de Santa Catarina. E é em Santa Catarina que fica Timbé do Sul, cidade que também merece destaque por aqui graças ao turismo de aventura com trilhas, cachoeiras, voo livre e balonismo.

Hotéis & Aluguéis por Temporada - São José dos Ausentes

14 Hotéis
Ver destino
Créditos das imagens: